Arquivo | Minha Resenha RSS feed for this section

Leituras do mês

29 ago

Como tenho certeza que não irei ler mais nenhum livro este mês resolvi fazer o post das leituras realizadas agora de uma vez.

Leituras propostas:

  • As crônicas de Nárnia – C.S. Lewis
  • A História Final – Álvaro Cardoso
  • 1984 – George Orwell
  • Melancia

Leituras realizadas:

  • As crônicas de Nárnia (resenha)
  • O último voo do flamingo – Mia Couto
  • A história final (resenha)
  • Cristianismos puro e simples (resenha)
  • Feliz dia dos namorados – Charles M. Schulz
  • 1984

A proposta desta tag é falar um pouco sobre cada leitura realizada, mas como fiz resenha de alguns livros vou falar somente daqueles em que eu não comentei nada aqui, o único que não vou falar será o “Feliz dia dos namorados” porque este eu quero fazer um post especial.

O ultimo voo do flamingo

Mia Couto

Eu havia lido um livro do Mia Couto na época do vestibular, ele era uma das leituras indicadas e tenho que dizer que gostei muito, nunca havia lido nenhum autor africano, e gostei de ler o português de Moçambique. Recordo que nas aulas de Literatura o professor sobre explicar direitinho cada metáfora que continha naquele livro que também era cheio de símbolos. Este ano decidi que gostaria de ler outra obra dele e escolhi este livro que é o quarto romance do autor.

O livro se passo após um tempo da guerra civil, quando os soldados da ONU estão em Moçambique para acompanhar o processo de paz, porém em uma vila chamada Tizangara, estranhamente soldados começam a explodir sendo encontradas apenas algumas partes deles.

Assim como o outro livro que li do autor, este é cheio de simbolismos, trazendo um pouco da cultura daquele povo. Personagens são muito bem construídos e a história é envolvente, você fica curioso para saber o que está acontecendo. O português é bem poético e o autor traz um pouco sobre o conflito entre a modernidade e antiga cultura local.

(o outro livro que li dele chama-se “Um rio chamado tempo, uma casa chamada terra”)

1984

George Orwell

Também já havia passado pela experiência de ler George Orwell, e como diz meu amigo “É impossível ler Orwell e permanecer indiferente”. O autor através deste livro nos leva a questionar a sociedade em que vivemos, o livro é um tanto antigo, mas consegue ser atual nas suas ideias. O livro se passa em uma geração futurista, sim ele foi publicado em 1949, o que faz do ano 1984 um futuro bem distante da realidade do autor. Trata-se de um país que vive diante de um governo totalitário, onde as pessoas são controladas por teletelas, aparelhos que nunca podem ser desligados, estas funcionam como televisores onde também tem um mecanismo de filmagem. A população é alienada, e por isso ninguém se questiona sobre os atos do governo. Tudo é controlado por esse governo que aparece na imagem de um “Grande Irmão”, imaginem, ele é capaz de controlar o passado (apagando a história e reescrevendo para adaptá-la a realidade local) e até o pensamento.

“Gerra é Paz, Liberdade é escravidão, Ignorância é força.” (Lema do partido do livro)

O livro é excelente! Existem alguns momentos bem perturbadores e por isso optei em ler juntamente com algum outro livro, mas Orwell consegue nos incomodar, nos tirar de um lugar comum e a questionar o que anda acontecendo.

Sobre as leituras do mês de setembro, eu não vou fazer nenhuma programação, posso adiantar que estou lendo três livros:

  • Fora de órbita – Woody Allen
  • O ano da morte de Ricardo Reis – José Saramago
  • Cecília Meireles Seleções – Maria Fernanda

Provavelmente irei ler a “triologia” do O Guia do Mochileiro das Galáxias.

Até breve!

Anúncios

Cristianismo Puro e Simples – C.S. Lewis

24 ago

“Se descubro em mim um desejo que nenhuma experiência deste mundo pode satisfazer, a explicação mais provável é que fui criado para um outro mundo. Se nenhum dos prazeres terrenos satisfaz esse desejo, isso não prova que o universo é uma tremenda enganação. Provavelmente, esses prazeres não existem para satisfazer esse desejo, mas só para despertá-lo e sugerir a verdadeira satisfação.” C.S. Lewis

Primeiro quero agradecer ao Fernando Freire pela indicação deste livro que segundo ele é o livro que todo cristão deveria ler. Ao concluir a leitura posso dizer o mesmo e ainda acrescento que todo aquele que não é cristão, mas tem duvidas sobre o Cristianismo deveriam ler este livro que é muito esclarecedor.

O livro reuniu uma série de texto que originalmente foi divulgado na forma de programa de rádio. O livro é brilhante! Lewis procurar falar sobre várias questões que sempre rondaram a mente de muitos cristãos. O mais interessante do livro é que Lewis utiliza muitas metáforas o que faz do livro algo mais didático.

Eu poderia ficar horas aqui discorrendo sobre o livro, mas acredito que a experiência de lê-lo é única e pessoal, acredito que todos deveriam ler e tirar suas próprias conclusões. O que posso dizer é que o autor realmente nos mostra o Cristianismo de uma forma simples, claro que nos faz pensar sobre várias questões, mas isso torna o livro mais interessante ainda. ­

 “Quão monótona é a semelhança que iguala todos os grandes tiranos e conquistadores; quão gloriosa é a diferença dos santos.” 

C.S. Lewis

Ps ¹.: Não deixem de visitar o blog do Fernando que tem uns textos muito lindos sobre fé, cristianismo, vale a pena =). http://nandofreire.blogspot.com.br/

Ps ².: Sei que já coloquei essa musica, mas já que este foi  um mês mto Lewis na minha vida, vou postar novamente.

As Crônicas de Nárnia

9 ago

Imagine um mundo em que os animais e as árvores falam, as feiticeiras são reais, o inverno pode durar muitos anos e um Leão é quem criou e governa todo esse mundo. Tudo isso encontramos em As Crônicas de Nárnia.

C.S. Lewis escreveu esse livro para crianças e percebemos isso através da narrativa onde existem conselhos aos pequeninos, mas o incrível de tudo isso é que apesar de ter sido feito para crianças, ele é um livro para adultos também, aqueles adultos que ainda conseguem sonhar e acreditar que tudo é possível, afinal quando as três crianças duvidam da pequena Lucia que diz que passou várias horas em outro mundo o sábio professor levanta o seguinte questionamento “O que estão ensinando nas escolas hoje em dia?”.

O mais incrível deste livro é que o autor consegue nos transportar para este mundo que ele criou, sim várias vezes consegui me perceber pertinho daquelas crianças, como se eu quem tivesse entrado em um guarda-roupa e me encontrasse em Nárnia. A linguagem é simples e percebemos elementos bíblicos nas histórias, quem ainda tem duvida de que o leão Aslam é Jesus?

“Só Lúcia soube que ao revolutear em torno do mastro o albatroz murmurava: “Coragem querida!”. Era a voz de Aslam, e seu hálito suave roçou-lhe a face.” Página 487

O primeiro livro é encantador, e também o meu favorito, pois nele o autor mostra como se deu o inicio as viagens das crianças deste mundo para esse lugar fantástico, e também conta como Nárnia foi criado.

Enfim, C.S Lewis conseguiu dar um inicio maravilhoso e um final surpreendente para Nárnia. E vou confessar durante a leitura várias vezes me encontrei cheia de lágrimas e principalmente com o final. O ultimo parágrafo de toda essa história é maravilhoso.

 

Questões do coração

25 mar

Sinopse – Questões do coração

Tessa Russo é mãe de dois filhos e esposa de um renomado cirurgião pediátrico. Apesar de todos os seus receios, ela recentemente abandonou sua carreira para se concentrar em sua família, na busca pela felicidade doméstica. Por fora, parece destinada a viver uma vida encantada.

 Valerie Anderson é uma advogada e mãe solteira de um garotinho de seis anos, Charlie, que nunca conheceu seu pai. Depois de muitas decepções, desistiu do amor e até mesmo das amizades. Acreditando que é sempre mais seguro não criar muitas expectativas. lerie A

 Embora as duas vivam na mesma área de Boston, elas têm pouco em comum, com exceção do amor incondicional por seus filhos. Mas em uma noite, um trágico acidente faz suas vidas se convergirem de uma maneira inimaginável.

Com pontos de vista alternados e absolutamente bem delineados, Emily Giffin cria uma história comovente e brilhante de pessoas de bem sendo pe

gas em circunstâncias insustentáveis. Todas sendo testadas como nunca imaginaram ser possível. Todas questionando tudo no que um dia acreditaram.

 E todas por fim descobrindo o que realmente importava.

  • Editora: Novo Conceito
  • Autor: EMILY GIFFIN
  • ISBN: 9788563219312
  • Origem: Nacional
  • Ano: 2011
  • Edição: 1
  • Número de páginas: 438
  • Acabamento: Brochura
  • Formato: Médio
  • Código de Barras: 9788563219312
Minha leitura:

Precisamos falar sobre o Kevin

13 mar

Sinopse – Precisamos falar sobre o Kevin

A partir de um crime brutal, este best-seller mundial discute maternidade e casamento, família e carreira.

Eva Katchadourian na verdade nunca quis ser mãe – muito menos a mãe de um garoto que matou sete de seus colegas de escola, uma professora queridíssima, e um servente de uma escola dos subúrbios classe A de Nova York. Para falar de Kevin, 16 anos, autor desta chacina, preso em uma casa de correção de menores, a escritora Lionel Shriver arquitetou um thriller psicanalítico onde não se indaga quem matou. A trama se desenvolve por meio de cartas nas quais a mãe do assassino escreve ao pai ausente. Nelas, procura analisar os motivos da tragédia que destruiu sua vida e a de sua família.

Dois anos depois do crime, ela visita o filho regularmente. Aterrorizada por suas lembranças, Eva faz um balanço de sua trajetória onde analisa casamento, carreira, família, maternidade e o papel do pai. Assim, constrói uma meditação sobre a maldade e discute um tabu: a ambivalência de certas mulheres diante da maternidade e sua influencia e responsabilidade na criação de um pequeno monstro.

Ao relembrar o passado, reexamina desde o seu medo de ter um filho ao parto do bebê indócil que assustava as baby-sitters. Mostra o garoto maquiavélico que dividia para conquistar. Exibe o adolescente que deixava provas de péssima índole. “Precisamos falar sobre o Kevin” cria polêmicas ao analisar as sociedades contemporâneas que produzem assassinos mirins em série ou pitboys. Estimula discussões sobre culpa e empatia, retribuição e perdão nas relações familiares, e nos leva a debater uma questão tenebrosa: poderíamos odiar nossos filhos?

  • Editora: Intrínseca
  • Autor: LIONEL SHRIVER
  • Origem: Nacional
  • Ano: 2012
  • Edição: 1
  • Número de páginas: 464
  • Acabamento: Brochura
  • Formato: Médio

Continue lendo

O Hobbit

30 jan

Sinopse – O Hobbit

É impossível transmitir ao novo leitor todas as qualidades e o alcance do livro. Alternadamente cômica, singela, épica, monstruosa e diabólica, a narrativa desenvolve-se em meio a inúmeras mudanças de cenários e de personagens, num mundo imaginário absolutamente convincente em seus detalhes. Nas palavras do romancista Richard Hughes, “quanto à amplitude imaginativa, a obra praticamente não tem paralelos e é quase igualmente notável na sua vividez e na habilidade narrativa, que mantêm o leitor preso página após página”. Tolkien criou em O Senhor dos anéis uma nova mitologia, num mundo inventado que demonstrou possuir um poder de atração atemporal.

  • Editora: WMF
  • Autor: J.R.R. TOLKIEN
  • ISBN: 9788578273873
  • Origem: Nacional
  • Ano: 2011
  • Edição: 4
  • Número de páginas: 328
  • Acabamento: Brochura
  • Formato: Médio
  • Continue lendo

Não conte a ninguém

18 jan

Sinopse – Não conte a ninguém

Há oito anos, enquanto comemoravam o aniversário de seu primeiro beijo, o Dr. David Beck e sua esposa, Elizabeth, sofreram um terrível ataque. Ele foi golpeado e caiu no lago, inconsciente. Ela foi raptada e brutalmente assassinada por um serial killer.

O caso volta à tona quando a política encontra dois corpos enterrados perto do local do crime, junto com o taco de beisebol usado para nocautear David. Ao mesmo tempo, o médico recebe um misterioso e-mail, que, aparentemente, só pode ter sido enviado por sua esposa.

Esses novos fatos fazem ressurgir inúmeras perguntas sem respostas: Como David conseguiu sair do lago? Elizabeth está viva? E, se estiver, de quem era o corpo enterrado oito anos antes? Por que ela demorou tanto para entrar em contato com o marido?

Na mira do FBI como principal suspeito da morte da esposa e caçado por um perigosíssimo assassino de aluguel, David Beck contará apenas com o apoio de sua melhor amiga, a modelo Shauna, da célebre advogada Hester Crimstein e de um traficante de drogas para descobrir toda a verdade e provar sua inocência.

  • Editora: Sextante
  • Autor: HARLAN COBEN
  • ISBN: 9788599296516
  • Origem: Nacional
  • Ano: 2009
  • Edição: 1
  • Número de páginas: 256
  • Acabamento: Brochura
  • Formato: Médio

  Continue lendo