Investir no sossego do próprio coração

2 jan
Investir no sossego do próprio coração é algo tão complexo por causa da sua simplicidade. Porque ser simples é uma das coisas que mais dificulta a nossa vida. Investir no sossego do próprio coração é não abrir uma brecha, que poderá virar uma represa, para alguém que não está disponível afetivamente. É prestar atenção nos sinais e indícios que a pessoa dá, logo nos primeiros encontros, do tamanho do sofrimento ou da alegria que ela poderá lhe proporcionar. É saber-se só em quaisquer situações, mesmo acompanhado, pois as consequências de nossas escolhas são absolutamente nossas.Investir no sossego do nosso próprio coração é saber que aquilo que está doendo deverá ser extirpado e não manter apego ao sofrimento, por mais que o uso do bisturi cause quase a mesma dor. É proporcionar-se bons momentos divorciando-se de tantos lamentos. É não adiar sofrimento postergando decisões tão necessárias. É não se acomodar com a falta de excitação pelas coisas, pessoas, trabalho. É saber-se merecedor de experienciar um amor inteiro, intenso, extenso, imenso, verdadeiro… Recíproco! É aumentar, um pouquinho a cada dia, o seu tamanho. É ter a certeza e a confiança de que as coisas têm um encaixe, mas que é preciso deixar ir, ou ir ao encontro, ou conformar-se com o desencontro, ou esquecer, ou lembrar-se de outras coisas, ou relacionar-se de outra forma.

Investe no sossego do próprio coração quem não rumina o que machuca, quem não fica descascando a ferida impedindo que a mesma cicatrize, quem não se disponibiliza de maneira subserviente e em tempo integral ao ponto de ser desvalorizado ou descartável, quem não aceita menos do que merece: coisas pela metade. Investe no sossego do próprio coração quem sofre, grita, chora, mas cresce! Quem não se repete, quem se surpreende consigo mesmo, quem trabalha o desapego, quem se abre para as coisas que possuem mais calor e sensibilidade.

Investir no sossego do próprio coração é coisa que não vem com a idade, mas com a ideia de que se pode vivenciar um momento de paz e repouso, é desocupar o peito para abrir espaço para o novo, é entregar-se ao desconhecido com inocência e totalidade, é não ter medo de pronunciar verdades, é ser honesto consigo, com o outro.

Investe no sossego do próprio coração quem não se contenta com pouco.

Anúncios

4 Respostas to “Investir no sossego do próprio coração”

  1. Bianca Moraes 4 de janeiro de 2012 às 4:57 AM #

    Achei que fosse seu até o último minuto, quando li o nome da autora! 😛

    Estava precisando muito ler essas palavras.. de verdade! Obrigada por compartilhar! ^^
    Beijinhos!

    ;*

    • Thalita Alvarenga 4 de janeiro de 2012 às 10:14 AM #

      Que bom que você gostou do texto, pode ter certeza que sempre vou compartilhar um texto que ache legal.
      Fico feliz por ter encontrado essas palavras na hora que precisava =).

      Bjinhos

  2. Alana Prado 5 de janeiro de 2012 às 5:36 PM #

    Admito também que até os ultimos segundos do texto, pensei que foi escrito por você! Liiinda mensagem, realmente preciso investir no sossego no meu coração. E não só no meu, preciso dar sossego ao coração dos outros também. 🙂

    E sobre o comnetário no meu post. É verdadee, é muito bom recebe-los em minha casa. A gente faz um esforço, mas no final vale a pena. Toda a familia reunida, é tão gostoso!
    Beijooos, VIVA 2012!

  3. drizinha 6 de janeiro de 2012 às 1:16 PM #

    Taí uma coisa que não estou conseguindo fazer rs …
    No dia que conseguir … serei mais feliz ….

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: