Archive | dezembro, 2011

By 2011, Hello 2012

29 dez
É engraçado, e até um pouco comovente o que as pessoas dizem todo final e inicio de ano, e com toda razão, pois um ciclo se encerra e outro se inicia, estamos envelhecendo e criando novas expectativas. São tantos planos, promessas, mas infelizmente, pelo menos no meu caso, muitos deles se perdem antes mesmo do meio do ano. Alguns são esquecidos, outros abandonados, ou até mesmo falta empenho da minha parte para a realização e muitas vezes apenas mudo de sonhos. Este ano não foi diferente, comecei com uma lista que tinha no mínimo 21 planos ou sonhos, digo planos ou sonhos, pq considero planos aquilo que está ao meu alcance e sonhos aquilo que não depende somente de mim, e claro que não consegui conquistar todos, mas metade deles foram concretizados, o que mostra que não foi tão frustrante.

Umas das coisas muito boas que aprendi este é ano é que todos dizem que devemos arriscar, e realmente isso é legal, eu nunca fui muito corajosa, mas aprendi a colocar as coisas em risco. O problema é o que vc está arriscando, tem coisas que vc não deve colocar em jogo, entre elas estão os seus valores, princípios, coração e por isso eu aprendi também a pedir sabedoria para tomar minhas decisões… Também aprendi que é necessário abrir mão de algumas coisas para conquistar outras, e isso se encaixa no arriscar, pq vc nem sempre sabe o solo em que está pisando, mas não dá para viver uma vida totalmente segura, ou mediana. Tem horas, que não tem jeito, ou é tudo ou é nada. Mas basta avaliar se realmente vale à pena seguir em frente, arriscar, se a conquista é algo que você realmente deseja e necessita, e se não der certo, o negocio é voltar atrás e recomeçar, sim, é duro, mas tem horas que é preciso iniciar do zero. Por isso ressalto o quanto é importante ter sabedoria para tomar decisões. Eu confesso que sou uma pessoa totalmente indecisa, levo dias para me decidir em certas coisas, e tem horas que é preciso ser rápido, decidir naquele momento, bom essa parte, acho que tenho que aprender no próximo ano, tomar decisões rápidas, deixei muitos mofando enquanto eu me decidia.

O ruim é quando a gente fica se desgastando demais, preocupando muito, esquentado a cabeça, quando muitas vezes nossos sonhos não dependem apenas de nós para serem realizados. Neste final de ano, ouvi uma pregação do Pastor Léo, um dos pastores da minha igreja, na qual ele falava justamente sobre isso, a importância exagerada que as nossas necessidades têm em nossas vidas. Elas ocupam lugares que nem pertencem a elas, nos faz gastar horas de preocupação, nos tiram o sono.  Infelizmente, ou felizmente, eu fui ouvir essa mensagem só agora no final do ano, um ano que muitas vezes chorei por não conquistar aquilo que desejava, e pela primeira vez na vida, perdi sono por me preocupar demais, como se passar a noite acordada fosse fazer brotar soluções, ou até mesmo realizar sonhos. Mas desejo que os próximos anos sejam diferentes é isso mesmo, os próximos, não só 2012. Isso não quer dizer que não vou lutar, sonhar, planejar, mas sim, que vou ter calma e aprender a esperar… Tem coisa q só vem com o tempo, isso não quer dizer esperar de braços cruzados, mas que vc terá que trabalhar durante muito tempo para conquistar, e é um tempo que talvez não se encaixe nos 365 ou 366 dias de um ano. Quero aprender que minhas necessidades não podem ter domínio sobre mim, sou eu quem tem que ter domínio sobre elas.

Em 2012 eu quero me preocupar em não me preocupar rs. É isso, eu quero que os meus sonhos, planos, necessidades, não ocupem tanto a minha mente. Quero me preocupar com as coisas que Deus tem colocado em minhas mãos para fazer e principalmente, preocupar em cuidar daquilo que ele tem me dado. E desejo o mesmo para vcs! Que o próximo ano não seja uma busca apenas para conquistar metas, mas sim de uma busca incessante de Deus e em cuidar daqueles que amamos.

Thalita Alvarenga

Autor da Vez

28 dez

Foto: grupo Lensitives

Eduardo Spohr

Eduardo Spohr, jornalista, escritor, professor, blogueiro e participa do podcaster Nerdcast do blog Jovem Nerd. Nasceu em junho de 1976 no Rio de Janeiro.

Filho de um piloto e uma comissária de bordo teve a oportunidade de viajar por vários países durante a infância. Desde cedo o autor já tinha algumas produções literárias.

Durante a sua juventude teve contato com diversas culturas e religiões o que o levou a escrever o livro A Batalha do Apocalipse.

Antes de trabalhar nessa obra, estudou comunicação social, trabalhou como repórter, analista de conteúdo do portal IBest e editor do portal Click 21.

Publicações

  • A Batalha do Apocalipse, Editora Verus – 2010;
  • Filhos do Éden: Herdeiros de Atlântida, Editora Verus – 2011;
  • Protocolo Bluehand: Alienígenas, Editora NerdBooks – 2011

E para quem se interessar, o  primeiro capítulo dos livros Filhos do Éden e A Batalha do Apocalipse estão disponíveis na internet, basta acessar os links:

http://www.abatalhadoapocalipse.com/;

http://www.filhosdoeden.com/.

 Blog do Autor

Fonte: wikipedia.org

Sumi…mas estou de volta!

27 dez

Sei que andei sumida, mas o ultimo semestre foi meio complicado na faculdade. As coisas andaram apertadas com o famoso TCC, mas tudo se resolveu. Já tem algum tempo que estou de férias, mas agora reapareci e quero tentar manter esse blog atualizado.

Abandonei a leitura de Nárnia =/, com o tempo corrido, não consegui terminá-lo, e acabei lendo outros textos, porém antes das férias terminarem irei retornar a leitura e postarei aqui as minhas impressões sobre o livro, de inicio posso dizer que li os 3 primeiros livros e que gostei muito.

Bem pessoal, amanhã eu volto.

E preparem que esse blog vai ser cheio de coisas legais.

Bjo