Arquivo | agosto, 2011

C.S. Lewis

24 ago
em>“Olhe para você, e você vai ver encontrar em toda a longa jornada de sua vida apenas ódio, solidão, desespero, ruína e decadência. Mas, olhe para Cristo e você vai encontrá-Lo, e com Rle tudo o que mais você necessita.” C.S. Lewis

Como disse no meu primeiro post, este blog tem como objetivo de falar sobre tudo. Quero falar muito sobre livros, mas não vou deixar de falar primeiro de seus autores. E como estou iniciando a leitura do livro “As Crônicas de Narnia”, vou falar um pouco do C.S. Lewis.

Seu nome na verdade é Clive Staples Lewis, mas também ficou conhecido como Clive Hamilton, ou C.S. Lewis. Nascido na ilha de Irlanda, em 29 de novembro de 1898. Foi um professor universitário, teólogo, poeta e escritor.

Relatos dizem que Lewis, cresceu rodeado pelos livros da biblioteca da sua família e que desde criança já tinha uma imaginação criativa. Filho de cristãos anglicanos, juntamente com seu irmão passou parte da sua adolescência dentro de casa fazendo leitura de clássicos.

Aos dez anos perdeu a sua mãe o que o isolou ainda mais da vida com outros garotos e o fazia criar mais histórias infantis.

Seus estudos foram interrompidos para prestar o serviço militar na Primeira Guerra Mundial. Durante o serviço, fez amizade com Paddy Moore, e assim os dois prometeram que se um deles morresse o outro teria que cuidar de sua família. Não deu outra. Moore faleceu em 1918 e Lewis não deixou de cumprir sua promessa. Mas isso desagradou seu pai, pois Lewis se afastou do cristianismo.

Após anos se afirmando ateu, Lewis voltou ao cristianismo. Durante a Segunda Guerra Mundial, tornou-se muito conhecido, pois suas palestras eram transmitidas pela rádio, tocando o coração de seus ouvintes na rádio BBC de Londres.

O autor escreveu vários livros, entre eles, “O leão, a feiticeira e o guarda-roupa” em 1950.

C.S. Lewis faleceu em 22 de novembro de 1963.

Fonte: http://pt.wikipedia.org/wiki/Clive_Staples_Lewis

Amados, no próximo post falo um pouco sobre a minha leitura de “As Crônicas de Nárnia”.

Bjos

C.S. Lewis

DOM

23 ago
Hoje, assim como ontem, o dia iniciou com boas novas.

Eu estava no estágio quando meu gerente me ligou informando que já tenho a minha primeira matéria publicada no DOM. Mas o que seria o DOM? Ele também é o Diário Oficial do Município, funciona como um jornal institucional da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, o mesmo é distribuído em todos os órgãos da Prefeitura Municipal e pode ser acessado também pelo site da PBH.  Amigos, fiquei muito feliz.

Abaixo está a imagem da matéria, só clicar para aumentar.

Salão do Livro

22 ago
O dia já se iniciou com boas notícias!

Hoje a caminho do estágio, estava olhando nos termômetros digitais para olhar a hora, quando passou o anuncio: Salão do Livro em Belo Horizonte.

Pois é, para aqueles que assim como eu, adoram feiras do livro e bienais, essa é uma ótima noticia. Já fazia algum tempo que o Salão do Livro não acontecia em BH. E neste ano ele voltou para nos alegrar.

O Salão do Livro vai acontecer do dia 1º a 11 de setembro. Na Serraria Souza Pinto, que fica ali pertinho da estação de metrô.

Claro que eu estarei lá pelo menos em um dos dias, e tratarei de tirar muitas fotos para mostrar para vocês! Se você quiser saber um pouco mais, acesse o site aqui.

Abraços

Um pouco sobre Thalita,Blog e Chá

21 ago

Minha paixão pela literatura iniciou-se desde novinha, quando meu pai me contava histórias da bíblia, ou até mesmo aquelas inventadas por ele. Eu ainda não sabia ler, mas foi aí que iniciou o meu amor por estórias. E quando eu comecei a ser alfabetizada, nossa, que delicia era juntar cada sílaba e descobrir que ali existia uma palavra.

Gostoso também era pegar livros na biblioteca, e enquanto a professora de matemática fazia no quadro aqueles cálculos que para mim eram, e até hoje, são mirabolantes, eu deixa o livro abaixo da minha carteira e ia lendo durante a aula toda.

Mamãe sempre achou estranho

Essa sou eu

, porque eu enquanto estava deitada no sofá com a TV ligada, dava a hora dos intervalos e eu ia me deliciando na leitura. E tia Marcia (a bibliotecária do colégio) sempre se assustava, porque a cada dia era um novo livro que eu pegava e na sua maioria, estes livros era de Pedro Bandeira, aliás, li umas duas vezes a série Os Karas.

Chegando ao ensino médio, descobri outra paixão além da leitura, agora era hora de eu mesma desenvolver meus próprios textos, e para mim, veio como um incentivo, as aulas de redação. Também, foi nesta época que eu teria que decidir qual curso fazer. Pensei em fazer psicologia, mas nunca fui de ter ouvidos pacientes para ouvir, e boca calma para ficar calada, então logo a psicologia foi descartada. Então pensei em letras, seria uma boa escolha, mas havia algo que já gritava alto, e eu não me lembrava que quando criança eu já pedia ao meu pai um gravador, microfone e câmera para fotografar. Mas uma amiga, a Juju, também conhecida como Rica me fez relembrar esse anseio, quando disse: Lita, você gosta de escrever, deveria fazer jornalismo. E sim, eu escolhi para ser minha profissão o Jornalismo. Tá certo que durante o curso tive meus momentos de crise existencial, mas realmente gosto do que estudo.

Então que sou: Thalita Lucas de Alvarenga. Nascida em 06 de setembro de 1989 em Belo Horizonte, onde vivo até hoje. Eterna amante de literatura, mesmo não tendo tempo para ler quando estou em período de aula. Estudante de Jornalismo pela PUC Minas São Gabriel. Estagiária da Gerência de Comunicação da Regional Nordeste. Evangélica, filha única. E que esta começando seu milésimo blog hoje.

Sobre o blog: Só mais uma forma de escrever, sobre tudo, e principalmente sobre os livros que ando lendo.

Um convite: Entre, sente e fique a vontade!

Aceita uma xícara de chá?